Pages

14 de set de 2011

Amarras do MEDO...

O que acontece com a gente que vive uma vida só por mais que se afaste? Somos assim tão diferentes não é? Perdemos as vezes pelo excesso de cuidados com o que levamos nossa vidas, tomado pelo medo de não ser ou ser outro que não o que acreditamos ser, tudo isso só nos impede de ver a verdade, sermos todos peças feitas para se encaixar apenas uma na outra, fomos criados assim e devemos assim permanecer, sempre um pelo outro.
Perdemos tanto tempo de nossas vidas aprisionados dentro de nós mesmos, somos pequenos e frágeis até percebermos que nossa insignificância é apenas o até nos encontrarmos, quando fazemos definitivamente parte de alguém tudo muda, o vazio que te consome por dentro simplesmente se vai, e finalmente a gente começa a viver, as amarras estão em nossas mentes, forjadas do mais puro medo de nossas essencias e nada externo pode quebrá-las, só nós podemos assim ser livres de verdade.
Amar é o unico caminho, ame aos outros e a si mesmo antes de qualquer coisa, não se ponha em situações por medo, apenas o amor verdadeiro liberta, e se não te sentes livre é por que no fundo até você já sabia não ser amor. Seja forte para as adversidades pois para elas a vida passa mais devagar, e seja sabio para as alegrias por que nelas o tempo se consome ao pavio de uma vela em noite escura, seja sincero e feliz, mas acima de tudo seja você.
E nessa procura se o amor te encontrar o receba, dá-lhe todo o conforto e carinho, atenção e sinceridade, por que nele está tua morada, seu chão e caminho, só o amor pode te levar ao lugar que desejas, poder e dinheiro são passageiros, mas o amor não por que esse é eterno e confiante, puljante e duradouro, o tempo que o desejar ao teu lado, tu serás feliz. Tenhas medo quando preciso e forças quando necessário, mas nunca desista de acreditar pois o amor está la fora esperando uma porta para entrar.
Seja livre das amarras do medo, ame e seja verdadeiramente feliz.
Beatriz te amo s2

0 comentários:

Postar um comentário