Pages

31 de ago de 2010

Ao longo da estrada...

Estados inertes de uma mente outrara confusa, perdido outrora vivo agora a perfeita partição de um coração unido, antes sozinho me arrastava pelos campos de batalha, eu pobre cavaleiro, so tinha a espada como verdade, hoje um jovem com planos e metas, um guerreiro ainda mas com um coração cheio de amor, que torna tudo bem diferente do passado.
Sigo por caminhos desconhecidos por onde nunca imaginei passar, antes o sangue pintava minhas mão, sangue de inocentes que caidos a minha volta perderam o caminho, nada sabia eu por que mais perdido estava a diferença entre os derrotados e eu, era que eu permanecia de pé, mesmo que minha alma estivesse em pedaços como as deles.
Entendo por vezes que era um caminho quase sem volta, deixar a escuridão que invadia minha mente e partir para uma nova aventura, pois amar nada mais é que se aventurar, se jogar num abismo escuro sem saber se ele tem fim, e desejar muito poder voar, mesmo sem ter a certeza de poder faze-lo, amar é confiar que tudo pode ser possivel se estamos despostos a tentar.
O cavaleiro que há em mim ainda sente sede pela batalha, mas hoje as lutas não sao medidas por sangue e mortos, e sim por bravos e honrados, que mesmo em derrota permanecem de cabeça erguida, e assim uma coisa que nunca pensei em ter, hoje tenho alguem por quem voltar, sei que seu olhar me procura ao longo da estrada, e amor eu estou de volta mais uma vez...
Estou de volta amor....s2

19 de ago de 2010

Aos boêmios saudade....

Em meu devaneios tolos construi um muro onde coloquei todos os meus sentimentos, como um porão onde tudo me remetia ao passado, peças de um coração que já há muito tempo não batia mais as sombras da minha própria construção me sentei, esperando que as lembranças ficassem lá dentro, so que mesmo preso em outro lugar ainda carrego as comigo, em meus pensamentos, esses nunca vou perder, ainda que tente com afinco...
Espaços perdidos de minha própria existência, eu deixei para tras meu lado sombrio quando te conheci, e a vida que outrora vazia de perdida, me apresenta um novo caminho de luz e bons pensamentos, mas ainda sim a tristeza nunca se vai por completo, esta é a razão por as vezes parar e apenas te observar, tenho medo ainda disso tudo não ser real, ainda que me toque e sinta teus beijos, parece perfeito demais, será que mereço?...
Nessas horas seguro tua mão com força como uma criança que busca por seguranção em um aperto de mão, eu sigo meu caminho esperando sempre pelo melhor, por que teu sorriso que ilumina meu caminho me fez e faz esquecer das dores que tive no passado, bom se isso não é amor nem imagino outra coisa melhor...
Uma frase me inspirou este poema: "Aos boêmios so cabem saudade..." e neste coração que voltou a bater eu sinto que a boemia nostalgica que guardei não me deixou por completo, ainda paro a te observar, e as lagrimas que invadem minha face desejam toda a felicidade deste mundo para nós. Hoje fazem tres semanas que eu comecei a viver, e que este seja apenas o começo para nós dois, minha vida....meu amor....minha linda.... te amuuuuuu s2 s2 s2 s2 s2
Aos boêmios saudade, para mim apenas amor....

14 de ago de 2010

Das trevas a luz...

Há um lago profundo em minha alma onde me afogo a tristezas da vida, há um mar de lamentos de onde tiro a escuridão desta alma vazia e perdida que em mil anos sei que posso permanecer assim, deixo que muito dessa escuridão se dissipe, por que quando ja havia desistido deste sentimento eis que ele bate a minha porta, em forma de sorriso e carinho.
Esse sentimento que poderia eu me fechar, abre as janelas e deixa a luz entrar neste mundo de trevas ao qual este cavaleiro estava condenado. posso eu lutar contra mas teu amor me ganhou primeiro, e assim a vida voltou a ser sentida nesta alma bandida, e por mil anos agora tenho a sorte de estar ao teu lado.
Em muitos campos andei, e por muitas batalhas passei, nada tao intenso quando um olhar teu, que me preenche todo corpo como se outrora fosse um corpo vazio e agora há alma nesta velha casca. Ainda que passe a vida te fazendo feliz dificilmente conseguirei retribuir o amor que dedicas a mim, ainda sim farei isso... Te farei feliz.
Por toda a vida que me resta neste corpo condenado pelas duras guerras externas e internas eu prosiguirei, honrando o nome de minha amada, e fazendo de minha redenção força que impulsiona teu amor ate mim e me faz querer viver muito para estar ao teu lado...
Minha doce amada....

12 de ago de 2010

Túnel do Tempo - Frejat


Nosso encontro aconteceu como eu imaginava
Você não me reconheceu, mas fingiu que não era nada
Eu sei que alguma coisa minha, em você ficou guardada
Como num filme mudo antes da invenção das palavras

Afinei os meus ouvidos pra escutar suas chamadas
Sinais do corpo eu sei ler nas nossas conversas demoradas
Mas há dias em que nada faz sentido
E os sinais que me ligam ao mundo se desligam

Eu sei que uma rede invisível irá me salvar
O impossível me espera do lado de lá
Eu salto pro alto eu vou em frente
De volta pro presente

Sozinho no escuro, nesse túnel do tempo
Sigo o sinal que me liga à corrente dos sentimentos
Onde se encontra a chave que me devolverá
O sentido das palavras ou uma imagem familiar
Mas há dias em que nada faz sentido
E os sinais que me ligam ao mundo se desligam

Eu sei que uma rede invisível irá me salvar
O impossível me espera do lado de lá
Eu salto pro alto eu vou em frente
De volta pro presente (2x)

11 de ago de 2010

Saudades meu amor s2...


Eis que um coração que outrora cansado e abatido pelas pancadas da vida, hoje bate apressado delirante dentro de um rompante de amor, que sai pelos pôros, nasce na alma e se vai pelo corpo inteiro, esse amor que não tem limite ou medo, que não se controla ou se prende, um amor de verdade para tirar esse coração do abismo que era viver sem você.
Deixo minhas palavras tortas falarem por mim, porque não há mais força há um amor que um lindo poemas que sai do fundo deste coração de poeta que bobo sabe que encontrou a pessoa certa, a medida que se entende por amar, e a ausência que sente um coração apaixonado, e amor você faz uma falta.
Acabo de encontro a sentimentos que outrora descrente quis recusar ou renegar, se posso apenas aceitar e deixar que me invada a alma, em teus olhos todo o amor que carrega consigo, e em meu pensamento todos os poemas seriam poucos para expressar a alegria que é poder abraçá-la, e dentro deste novo mundo sou apenas passageiro destes teus abraços.
Acalmo minha mente a ausencia tua, deixando em registros eternos o amor que sinto por você, versos retorcidos em texto e prosa, por que a alma deste poeta, que agora sozinho caminha contigo, onde quer que vá, deixo pro fim minhas recordações deste dias que dividido por nós será mais um neste imenso amor que sinto.
Saudades meu amor s2....

4 de ago de 2010

Soneto - Apaixonado eu !?!


Quando seu coração acelera
e apressado nem espera,
sua respiração exagera
mesmo assim se entrega.

Que mística será?
O que acontecerá?
Não consigo parar
e me perguntar.

Será que mereço?
as vezes me esqueço
e sem querer
penso em você.

Mas não me culparia,
te amar me era tudo o que queria
e o que nunca pensei que aconteceria
hoje não deixo de pensar em você

2 de ago de 2010

Pensar em Você - Chico César



É só pensar em você que muda o dia
Minha alegria dá pra ver
Não dá pra esconder
Nem quero pensar se é certo querer
O que vou lhe dizer:
Um beijo seu e eu
Vou só pensar em você
Se a chuva cai e o sol não sai
Penso em você
Vontade de viver mais
E em paz com o mundo
E comigo
(E consigo)

Bia meu amor essa música é pra gente,
pra marcar esse que é o encontro mais
importante da minha vida, e o poeta que
há tempos andava perdido finalmente se
encontrou a luz dos teus olhos e a magia
do teu sorriso, que essa musica embale
ainda muito nossos corações, bem vinda
meu amor e essa louca e maravilhosa
coisa que é amar...