Pages

10 de jan de 2014

Entre o Mundo e as Paixões, um tratado a vida...


Somos todos movidos por paixões, são elas que decidem de que forma vamos agir a cada novo obstaculo ou caminho, tentamos suprimi-las quando crescemos por que a sociedade nos impõe o conceito de que um sonho é algo que se tem quando dorme, que ao acordar devemos esquecer e voltar a vida mecânica de sempre. Assim somos embuidos a sermos sempre enquadrados e achamos ruim quando somos taxados de preconceituosos, mas a verdade é que somos envenenados a desacreditar que podemos conseguir e a nos desapaixonar desde o fim da infância.

A infância morre com os sonhos que construímos nela, quantos e quantos médicos gostariam de ser artistas, quantos engenheiro gostaria de estar cursando filosofia, mas sabe, isso não é coisa de gente normal, o normal é trabalhar em um emprego horrível para ganhar dinheiro, depois casar com alguém com o mesmo pensamento que você, tendo uma vida frustrada, ter filhos frustados por que os pais lhe colocam responsabilidades demais para a idade, se aposentar e morrer, e ganhar muito dinheiro no processo para mascarar uma realidade de felicidade que nada mais é que fachada pra verdadeira tristeza  que sente o ser humano.
Sei que pareço desiludido por causa de minhas palavras anteriores, mas sabe a desilusão faz parte do processo de acordar, somos levados a acreditar em um mundo de números, mas a verdade é que o mundo não é feito de contas e resultado, o mundo é feito de cores, aromas, sabores e números, assim parados de analisar e começamos a viver de fato, tantos coisas ha fazer, tanto a experimentar, sabe aquela comida feita pelo primeira vez para uma menina que quer conquistar, aquele primeiro passeio a pé, mesmo que ate o carro apenas, o primeiro toque em sua mão, meio que distraído mas altamente mal intencionado essas são coisas que nunca se pode perder.
A inocência morre com a criança, será? ainda sentimos borboletas no estomago quando entramos em um elevador panorâmico, ainda ficamos nervosos quando vamos conhecer a família de quem amamos, ainda suamos frio quando vamos pedir aumento, sabendo que isso é pra poder dar a alguém algo especial, felizes quando entramos de ferias e não temos tanta responsabilidade, quando finalmente aprendemos a mexer em um computador o que parecia ser de outro mundo, ou quando ouvimos sem querer depois daquele dia estressante a nossa musica no radio, poxa, você realmente perdeu a capacidade de se apaixonar? ou ela esta ai congelada dentro de você, como a criança  que acreditava que um dia quando crescesse poderia voar? Voe, Voe alto e antes que todos os números te digam o que você pode ou não pode fazer, seja, viva, perca, ganhe e passe a diante suas paixões...

17 de mai de 2013

Desconcertado Coração...


Entre caminhos recortados, entre corações partidos e um monte de vícios eu aprendi que nada deve se perder na formação de seu coração, cada dor e partida, cada medo ou angustia, te faz mais forte no final das contas, no saldo da balança da vida eu ainda estou no azul com certeza, e é assim que a gente deve manter. Feche os teus olhos e vem comigo dentro de uma busca que vai te fazer me conhecer e me fazer me conhecer pelos teus olhos, assim saberemos ao fim se podemos nos pertencer.

Fortaleza entre os ombros de um vencedor, caprichoso na frente dos olhos do meu perdedor e algoz da verdade de um pobre sonhador, somos todos humanos na frente de uma forca, assim vivemos a beira de uma crise de nervos, ansiosos pelo fim de tudo, temendo viver por que na solidão de possibilidades geralmente perdemos um monte de realidade, triste fim de uma rosa é morrer ao ser apartada de sua ligação com a terra, mas ela sabe que por 24 horas que ela viveu a tua companhia, bem... Ela foi feliz.

Palavras que por vezes não se conectam mas que descrevem a loucura de minha alma. que perturbada pela ansiedade de me descrever, o faz por vezes rapido demais como meu coração que se entrega e se nega a aceitar que você não é nem perto do que eu sonhei que você é. Minha fantasia será sempre superior ao que você é na verdade, não é culpa tua, eu apenas esqueci de olhar para você.

Bem terminamos então, Oh... Terminamos uma visão superficial da minha mente, deixo aberto as interpretações de terceiros, vivendo um monte de momentos, esquecendo um monte de sofrimentos, vivendo um monte de verdades e mentiras, mas adivinha, ao final de tudo só sobra eu mesmo, no funil do tempo, como medo e anseios, do mesmo jeito que iniciamos nossa conversa, mas sabe. tem sempre algo mais, algo que eu esconderei ate o meu ultimo dia, pra te mostrar quando nos adormecermos.

21 de abr de 2012

Apenas mais um dia no Paraíso, Minha Beatriz.



De peito aberto acordei para o dia, sorriso nos lábios, olhar de menino, era tudo o que eu queria, do sonho eu nada mais lembrara só que foi bom o dia anterior estar com você. Nada mais poderia querer, sei que as vezes deixo que as palavras me percam, tirando de mim um olhar perdido, mas quer saber amor, hoje eu acordei sorrindo, afinal estou vivo dentro de ti.

As nuvens que me pesam sabem o quanto sou especial, por isso entendo a dor que carrego, mas quer saber hoje deixei as roupas de lado, decidi caminhar pelado, só para me distrair, nu dos preconceitos e defeitos que insisto em repetir, era apenas eu, meu sorriso e todo o caminho que me leva ate ti. Quer saber meu amor, hoje acordei sorrindo e sai ate correndo para dentro de ti.
Eu sou apenas um rapaz, caminhando pelo mundo tenho um dia daqueles, sabe quando você transpira musica, flores e vinho, nada pode te atingir, não que você seja mais que os outros, apenas decidiu não mais se abater, era apenas eu e o mundo todo de possibilidades, acabo de me dar conta, sou vivo por que entendo o que significa estar e o quão bom eu quero continuar. Amor permaneço sorrindo enquanto caminha apressadamente para os teus braços.
Em fim a tua porta eu bato, alegre e apressado, era você que eu vim buscar, assustada nada mais queria saber, também tirou a roupa e saiu comigo para passear, nada mais nos prendia, somos livres, sem medo, dor, angustia, preconceito, injuria, hoje eu sei da verdade, nenhuma dor pode te acompanhar quando se caminha para a felicidade, o caminha tortuoso é, mas maravilhoso por que a chegada se torna uma conquista. Hoje não foi só eu que acordei sorrindo, você também, por isso caminhamos juntinhos, rumo a felicidade.
Feliz dia, nada de especial, apenas mais um dia no paraíso com você, Minha Beatriz...

16 de abr de 2012

Acordar...

As pernas me falta as vezes, caminhar tem ficado mais e mais complicado, o peso do mundo em minhas costas e um coração que já não me cabe mais, era outrora prisioneiro dos meus próprios pensamentos, mas agora as asas da minha imaginação erguidas a beira do abismo, mas esta queda agora não é o fim, e sim o começo de um novo destino, cansado de andar meu coração decidiu começar a voar...
cada busca ate agora eu abri mão de parte da minha alma, estava disposto a perde-la se a recompensa fosse você, mas antes que eu pudesse me entregar você me surgiu, forte como uma grande arvore e segura como o coração do criador, era a hora certa, quando já não sabia mais com quem contar, desesperado caminhava na chuva dos meus próprios pesadelos, mas a tua mão me agarrou e me disse que tudo daria certo...
Um cavaleiro sem espada, armadura ou alma que caminhava se arrastando, dando cabeçada na vida e vivendo para a dor do combate, na esperança da ultima das batalhas, eu desistia de muito mais do que a vida, desistia da dor que era meu elo de ligação com a realidade, para manter meus pensamentos no sonho que era poder ser livre, como se a tudo dependesse apenas de um despertar, eis que em fim chegou minha hora.
Acordado vejo o mundo com olhos de criança, estou livre das trevas, da dor e da angustia que consumia minha alma em busca de sangue, mas sera que é duradouro, isso só o tempo pode me dizer, mas enquanto espero a resposta, sigo voando por que ja caminhei demais por este mundo, prefiro agora apenas voar livremente como a brisa de uma leve pena que sacode a tua respiração, esperas por mim eu estou chegando, não te conheço pessoalmente, mas sigo esse tal de AMOR.

14 de abr de 2012

RE-ABERTURA DO CASTELO TEMPLÁRIO

Após um breve recesso criativo o CASTELO TEMPLÁRIO esta de volta, mais negro do que nunca, mas acima de tudo eternamente apaixonado, pela força do sangue que pulsa em meu coração e pelo ar que enche estes pulmões eu juro fazer parte da vida de vocês, em contra partida vocês faram parte da minha, alma, coração e carinho como sempre, declaro reaberto o castelo, aos que não conheciam este é um lugar para corações solitários ou acompanhados, felizes ou tristes, por que o amor é assim, um mixer de sentimentos variados, e nesse mundo sem amor nada se cria, constrói ou copia, BEM VINDO AO CASTELO, aproveite dessas paredes, aqui é um lugar seguro para todos os que vivem, não vivem ou simplesmente passam pela vida sem saber a verdade. Somos carne, sangue e sonhos, e assim sempre vai ser..... Estamos de volta!

by Dark Crow

30 de nov de 2011

Ideologia - Cazuza



Meu partido

É um coração partido

E as ilusões estão todas perdidas

Os meus sonhos foram todos vendidos

Tão barato que eu nem acredito

Eu nem acredito

Que aquele garoto que ia mudar o mundo

(Mudar o mundo)

Frequenta agora as festas do "Grand Monde"

Meus heróis morreram de overdose

Meus inimigos estão no poder

Ideologia

Eu quero uma pra viver

Ideologia

Eu quero uma pra viver

O meu prazer

Agora é risco de vida

Meu sex and drugs não tem nenhum rock 'n' roll

Eu vou pagar a conta do analista

Pra nunca mais ter que saber quem eu sou

Pois aquele garoto que ia mudar o mundo

(Mudar o mundo)

Agora assiste a tudo em cima do muro

Meus heróis morreram de overdose

Meus inimigos estão no poderAlinhar ao centro

Ideologia

Eu quero uma pra viver

Ideologia

Eu quero uma pra viver

Olhando da Janela.... de volta as trevas.

Aprendi uma coisa nessa vida, tudo tem um motivo para acontecer e para não acontecer, realizei coisas na minha vida que muitos disseram ser impossível, ainda sim deixei de fazer coisas que me fizeram amargar a derrota, de coração partido e alma em pedaços sigo este caminho de volta as trevas que abraço como a um filho que a casa retorna, sou forte quando devo ser mais sei reconhecer minhas derrotas.
Sou eu quem me entende, minhas neuras e perdas, me destroço e me reconstruo a partir das cinzas de um fogo eterno que insiste em me consumir, sou eu quem perde quando o coração cristal se quebra, mas é nesta perda que eu volto, mais forte e confiante que desta vez vai ser diferente, sou um tolo quando meu coração se enche de esperança, sou um tolo quando meu amor por ti transborda, sou um tolo sim eu sei, ainda sim estou vivo por causa de minha tolice.
Estado de inercia, quando a vida para bruscamente e você percebe que este tempo todo você não se moveu, estava lá parando olhando a mesma janela de outras vidas, esperando que desta vez tudo fosse diferente, eis que a janela se quebra diante dos nossos olhos e não te sobra nada apenas cacos de um sonho que você insistia em materializar.
Somos afinal todos produtos daquilo que mais desejamos, há um erro no que desejei, sou fraco quando fecho os olhos e ansioso peço a mim mesmo que não leve meus pensamentos ate você, sou mesmo tolo quando ansiosamente não ligo o telefone esperando para ouvir a tua voz, como é possivel se partir em mil pedaços e se reconstruir ao enebriar profundo dos teus olhos, o que mais poderia desejar, estar de volta as trevas é como voltar para casa, seguro e tranquilo de que aconteceu o que tinha de acontecer, sou assim tolo e esperançoso por novamente voltar.
Hora de finalmente voltar a olhar a vida da janela...