Pages

30 de ago de 2011

Roda gigante da vida.

Todos estamos presos a uma roda gigante chamada vida, as vezes somos levados ao mais alto ponto de onde podemos ver tudo, nada é grande demais ou complicados demais para nós, nesse momento as decisões para as nossas vidas são tomadas com frieza ou com emoção, mas o mais importante de tudo é que elas nos fazem muito bem.
Mas há um lado mais feio dessa coisa chamada viver, a roda não para no alto, ela desce e desce muito mesmo, e de repente estamos no ponto mais baixo onde, as portas se fecham e as pessoas se afastam de nós, agora somos um para-raios que aguenta as mais pesadas penas de toda uma vida, nesse momento as doenças, medos e solidão parecem drenar nossa força vital e percebemos que todas as nossas decisões so nos afundam mais para o mal.
E quando não há escuridão mais profunda, não há chagas mais abertas que não se possa sentir é que percebemos mais uma vez, que a vida é uma roda gigante e voltamos a subir, somos envolvidos neste jogo de viver todos os dias, e nessa imprevisibilidade que é viver nós estamos todos sujeitos a toda a sorte de coisas boas e ruins, assim podemos ver todo o mal e o bem, basta apenas se acalmar.
E só tem uma coisa que faz você aguentar quando está por baixo e se sentir mais alto quando está por cima, é o amor que movimenta as maiores criaturas e as menores também, é o amor que leva tudo a algum lugar, esse sentimento que faz a grande roda da vida continuar se movendo então devemos para de chorar desesperadamento quando estivermos por baixo e apenas colocar mais força para que voltemos ao alto, e sabe como a gente faz isso, amando e amando e amando muito, todos os dias enquanto viver...
Ame quando estiver por baixo e logo estará em cima.

2 comentários:

Apenas Uma Garota disse...

Muito Lindo o Texto !!
Amei Mesmo ... (:
Beijokas

Hanna Ribeiro disse...

Como sempre o texto é muito bom.
O Ultimo paragrafo então foi feio sob medida.
Parabens meu amigo escritor.

Postar um comentário