Pages

17 de out de 2009

Caído olho por ti...


Caindo ao solo todos os meus pensamentos se vão, minha mente vazia pode em fim estar em paz por que nada que estava ao meu alcance deixei de fazer para comigo você permanecer.

Fato, seus olhos ainda me acordam à noite e a sua voz que acelera meu coração, mas na dor da minha perda quando o amor se vai por entre minhas mãos cansadas de lutar, abandono crenças e certezas pelo caminho para tentar não pensar em você.

Sim eu estou aqui caído! Mas não queria, por ter te achado me perdi dentro da luz que habita teus olhos e da doce melodia que escapa por entre seus lábios que nunca mais esquecerei.

1 comentários:

ivila disse...

ai ai
coraçao trovador
ah insensatez , que você fez?
nossos coraçoes tao abalados
nem percebe as vezes a beleza da existência e da paixao ... enfim, é a vida. beijoos da trovadora

Postar um comentário