Pages

1 de nov de 2010

Vida minha...

Eis que a vida de um nobre pode ser mais fraca que a de um plebeu, eis que a luz de uma vida pode ser mais forte que a de uma outra, tudo pode ser medido, pesado ou estendido basta que se queria, deseje e inspire algo. Poderia eu dizer que você não me inspira ser melhor do que sou, bom acho que mentiria se o fizesse, então minha Beatriz digo-lhe que outra era um nobre com alma pobre, hoje sou um poeta com alma de nobre, mudança que causas em minha alma toda vez que me olhas.
Tentei retribuir de todas as formas que sei, mas nada te agrada mais que um simples poema ou olhar apaixonado, o que para quem te conhece fica muito facil, queria eu poder ser outro mais forte, mais bravo, ser um nobre com coração de nobre, mas sou fraco, as vezes bobo as vezes insensato, mas que isso me torna este poeta que imperfeito te ama em verdade.
Sei que dentro de mim habita um outro que so mostro a você por que em teus braços ele vive e deseja viver, assim quero deixar mais algumas palavras deste jovem adimirador que nunca vai se cansar de dizer o quanto es importante para mim, por tempos passei sem te escrever, deveras tempo demais, mas nada me move mais do que o amor que guardo por ti, essas tortuosas palavras de um rapaz bobo ficam registradas como ferro em brasa, ao amor que sinto por ti.
Deixo-te agora minha amada, por que este pobre apaixonado precisa te dar este espaço, fico por um segundo calado contemplando tudo o que vejo em ti. deixo-te mais versos para que na saudade de ti eu possa te lembrar o quanto te amo, e que vivo por ti, minha eterna namorada, sei que ainda viverei so para ti.
Minha vida é tua, sempre será. Bia s2 te amo...

0 comentários:

Postar um comentário