Pages

28 de nov de 2010

Destruir e Reconstruir - Amar...

Entre espaço o universo se cria, se governa e a vida se esgueira dentro deste maravilhoso pulsar de espaços intermitentes entre o bem e o mal que habita em cada ser, vivendo o conflito intenso que é viver. Parto por estes espaços que habitam minha alma tornando tudo mais que meramente moral e contornável.
Me agarro as incertezas de um novo amanhacer que é sempre uma boa hora de pensar naquilo que se pode querer, quando o dia nasce, nascem com ele suas expectativas, seus medos e novas virtudes, renovadas pela quantidade de informações que conseguimos adquirir ao longo do dia que se passou.
Mas na verdade nada me importa muito quando essa hora chega, apenas uma coisa ainda roda em minha mente, aquilo que conversamos, falavamos de amor, que o amor é uma droga, bom na verdade é e como eu poderia não concordar com você? Somos movidos por ele, levados a lugares que nunca pensamos, com coisas que nunca pensamos e fazendo coisas que nunca pensamos, pois amar é assim, se deixar levar.
Minha menina uma droga é de fato destrutiva mas como te disse: Me destroi quando me afasta e me reconstrói quando me trazes de volta assim eu vivo a intensa melodia do universo de espaços que nos mesmos criamos, me destruindo e reinventando todos os dias enquanto amo você.
Eu me reconstruo em ti... Bia eu te amo...

1 comentários:

walmiria disse...

estar aqui me deixa muito feliz
esse sera sera um cantinho quase meu
um castelo onde me sinto em casa
poucos lugares no mundo são tao acolhedores como este
obrigada meu amigo, por faze-lo sempre assim!

Postar um comentário