Pages

3 de dez de 2010

Estar apaixonado...

Sabe aquela sensação de formigamento quando sabe que vai encontrá-la? Aquele suor chato nas mãos que insistem em te entregar? E aquela sensação de levesa enquanto se caminha ao encontro de quem se ama? Bom, meu caro leitor(a), você como eu esta irremediavelmente, incondicionalmente, e essencialmente apaixonado.
Está mais forte e mais confiante, mais feliz e aberto ao que o mundo te oferece, bom esta sensação te impulsiona para frente e te faz querer ser alguem melhor do que jamais foi, eu sinto isso todos os dias que me olho nos espelho, que digo bom dia a um estranho da rua não por que ele tenha me feito algo ou que eu queria ser metido, apenas retribuir ao mundo um pouco do amor que ele me ofereceu desde que te encontrei.
Duas coisas ficam evidentes neste estado, você sente a sede quase que enlouquecedora de beijá-la, e nada mais voltou a se encaixar depois que ela se foi de seus braços. Ontem ela me chamou de exagerado, mas que amor seria esse se não me leva-se ao descontrole, ao caos para me trazer de volta com um sorriso por entre os labios, se amar é estar fora de si e voltar com uma parte do outro.
Ela me diz que sou bobo, verdade eu sou mesmo, por que sou bobo quando desejo apenas ouvir sua voz quando acordo, ver seu sorriso mesmo que seja de longe, beijar sua boca mesmo que depois disso não nos vermos pelo resto do dia, e ainda mais que bobo, quando aprendo a fazer algo bobo como um coraçãio de papel so pra te arrancar um brilho lindo no olhar, eu poderia ser ainda mais bobo do que sou, mas minha defesa é apenas - eu sou um apaixonado incurável.
Esse bobo que te ama muito... Bia s2

0 comentários:

Postar um comentário