Pages

22 de mar de 2011

Amor...

Eu te amo, maneira melhor de começar um poema não há, por que me inspiras e me torna uma pessoa melhor, mais do que eu jamais poderia me tornar sozinho por que em teus olhos eu sou forte e corajoso, em sua boca eu sou carinhoso e romantico, e mais que tudo em teu coração eu sou parte de sua vida e não mais sozinho estou.
Mas como medir o que sinto, quanto amor eu posso guardar em mim? Eu te amo mais que o sol da manha que toca o teu rosto e te aquece quando ainda estas a acordar, eu te amo mais que a brisa que refresca tua face no dia mais quente de verão, eu te amo mais que o perfume que toca e se deita em tua pele quando vais me encontrar.
Eu te amo mais que um louva-deus que parece rezar e agradecer sempre por estar vivo, te amo mais que as folhas que se dobram ao vento em uma dança suave por todo a primavera. Ainda te amo mais que as estrelas que são felizes por pertencer a imensidão do universo só para ter a honra de iluminar a tua noite, dificil medir o amor que guardo por ti.
Poderia eu ser diferente dos demais, o que há de errado com estes homens que se tornaram secos por dentro, como podem negar o amor, este sentimento que move o mundo inteiro, por que guerras vem e vão, a vida passa, mas o amor este permanece como foi criado por Deus, o amor é eterno e infinito, basta apenas acreditar e eu sinto dentro de mim todo o poder que ele pode proporcionar, a cada dia que eu vivo ele vive em mim, eu te amo.
Minha vida, eu te amo... Beatriz. s2

0 comentários:

Postar um comentário