Pages

13 de mar de 2011

Vencendo o tempo...

Um dia que nasce pode ser encarado como uma vitoria ou apenas uma extensão de um sofrimento ja deverás custoso, se você acaba de ser pai, este é um dia longo e lindo onde as horas se voam com o poder do pensamento e tudo o que você deseja é que o relogio pare para que possa apreciar mais tempo ao lado desta pequena criatura que ja te inspira tanto amor e cuidado.
Mas o outro lado é tão intenso quanto este, se esta em uma prisão ou até mesmo no corredor da morte o dia se arrasta como tic tac daquele velho relogio de cordas da casa da sua avó que sempre te deu um calafrio, o pensamento insiste em não te dar tregua, por que tudo passa mais devagar? Queria que tudo acabasse de uma vez.
O tempo, carrasco ou caprichoso que te embala ao mesmo tempo te condena, existe forma melhor de enlouquecer do que pensar nele, por que um segundo tem tantos pesos opostos, um beijo de 10 segundos é diferente de 10 segundos com as mãos no fogo, mas a medida de que usamos é a mesma, o tempo genioso esta sempre nos mostrando que não importa quanto de fato temos dele, mas na verdade o que fazemos com ele que muda as nossas vidas.
Nosso tempo pode ser menor, mas a vida nos mostra que o tempo é so um mais uma forma de nos aprisionarmos as convençõs, por que 5 minutos ao teu lado alegra todo os meus 1435 restantes, escrevo isto por que as palavras escritas são uma forma de driblar este poder temporal, por que assim como o amor o que esta escrito é eterno e vence o tempo implacável.
O tempo se rende a nós meu amor... Bia S2

0 comentários:

Postar um comentário