Pages

11 de jun de 2011

Quando ela dorme em minha casa - Zeca Baleiro

Quando ela dorme em minha casa

O mundo acorda cantando
Quando ela dorme em minha casa
O mundo acorda cantando

Sonhos de lata e de rosas
Gritam no silêncio branco do muro
Com o futuro em suas asas
Ela se vai
Ela se foi

E esses versos são lamentos
Que eu deixo nas calçadas
Canções que inventam pedras sobre a fome
Aí escreverei seu nome
No azul do firmamento
Onde a Dalva apareceu

0 comentários:

Postar um comentário