Pages

25 de jan de 2010

Vidas diferentes, Batalhas diferentes...

Nunca fui o guerreiro mais sensato ou o mais decidido, nem perto disso, aprendi com a vida que essas caracteristicas podem decidir seu destino, mas não as minhas. Quebro cabeça com minhas escolhas e como mortal eventualmente deixo de ser feliz por elas...
Entendo que a vida poderia ser diferente, poderia ter tido batalhas diferentes, mas então não seria eu mesmo seria outro, talvez melhor ou talvez pior nunca saberei de fato. Deixo que meu mundo se construa a minha volta plantando coisas boas por onde vou, pelo menos tentando...
As vezes queria gritar toda dor da minha alma até não sobrar mais nada dentro destes olhos vazios pelas perdas que tive e caminhos tortos que escolhi, mas mesmo assim te sigo com a distância segura de um bom seguidor, e sinto que apesar de distante podes me ver...
Ainda sinto tua falta, hoje mais que ontem e sem duvida menos que amanha, por que eu naum sei mas de verdade um dia sei que olharei para o passado e ainda teus olhos estaram lá para me lembra que encontri a felicidade e não fui digno dela...
Ainda esterei aqui, me ariscando em um campo de batalha para tentar te esquecer, a dor de partir ainda será menor que a dor de te ver partir todos os dias diante dos meus olhos, adeus meu amor...

0 comentários:

Postar um comentário