Pages

22 de jul de 2010

Será que ainda te amo?

Cantos distorcidos dessa mente que outrara sã hoje insiste em querer-te, so pode ser esse tal de amor, que me faz pensar em ti, mesmo quando não deveria. Sinto que algo se quebrou dentro de mim mas ainda sim sinto sua falta, como posso lutar contra mim, se eu ainda gosto de ti tenho que me manter afastado, mas ainda sonho com seus beijos e seu sorriso que ainda é a imagem que mais gosto de me lembrar, será que ainda te amo?
Sinto um mal que habita minha alma que era combatido por teu amor que por vezes me fazia feliz, bom isso agora ser foi, não há mais por quem voltar do campo de batalha, e quando isso acontece com um cavaleiro muitas pessoas se machuvam, sem objetivo a morte passa a ser algo normal, que pode acontecer, afinal seu sorriso não me esperará mais como antes, então por que apenas não lutar e morrer com honras, será que ainda te amo?
Por medo de mim, deixei que a vida escolhesse minhas batalhas, abandonei sonhos que considerava impossiveis, dentre eles ser feliz com você. Deixei sangue por onde passei depois, sangrando a dor de te perder todos os dias desde então, por que nada me faz mais mal que a falta deste conturbado amor que insiste em me fazer anjo e demônio, me arrastando do cêu ao inferno, será que ainda te amo?
Deveria pensar em outros amores, mas para que amores ser o que quero não pode ser meu, por que sonhar com o possivel, se o possivel eu posso conseguir? E você me diz que eu queria o impossivel, eu so queria ser feliz com você, mas isso agora é passado para você, bom eu provavelmente ainda te amo, mas nada mais posso fazer, fiz o que podia para ficarmos juntos ate passei por meu orgulho de cavaleiro, e nada mais faz sentido depois disso...
será que ainda de amo? Será que deveria?

0 comentários:

Postar um comentário