Pages

11 de mai de 2010

Em uma busca...

Eu me encontro em um campo de batalha que eu já deverás acostumado devo voltar a pensar, sou novamente refem de lembranças ao qual sou acometido e por tempos que já se foram a muito da roda do tempo. Sou um cavaleiro que está há muito na vida procurando por algo de vale a pena se morrer, sou apenas mais uma alma perdida nesse imenso mar de desesperança, ainda sim sigo por veredas tentando encontrá-la.
Vago por meios que outrara abandonará, amor meu eu voltei a rezar, rezar por uma luz ou caminho que me leve a ti, de fato o unico tesouro que encontrei em milênios de sangue e dor. Me perdoa se eu continuo a procurar por ti, mas em teus braços encontro a paz de que preciso para abaixar minha guarda e tentar ser feliz.
Sinto que as vezes chego perto de ti, por um caminho ou aroma, que me lembra os dias que passamos junto, mas ainda sim continuo perdido só me lembro boas quando estava com você, mesmo assim não pude fazê-la feliz, e isso nas lembranças dolorosas é o que me doi mais, saber que a mulher que amo não foi totalmente feliz em meus braços, ainda sim quero outra chance de tentar.
As vezes o que resta em um coração é a lembrança de uma vida passada que foi infinitamente feliz do que a atual, de fato passo por isso, mas ainda sim sei que posso ser merecedor novamente de teu olhar, se sou forte e ainda posso lutar eu continuarei fazendo dos meus dias uma busca por teu carinho que era minha razão de viver, e de fato ainda é, paro e respiro por um segundo para continuar minha caminhada até você.
Eu preciso continuar caminhando...

0 comentários:

Postar um comentário