Pages

27 de mai de 2010

Hoje sou apenas a metade...

Deixo partido algo que nunca mais conseguirei reconstruir, de fato eu sou um ser incompleto sem você e ainda sim preciso continuar, mas que droga eu penso que construirei nessa vida se estiver assim, mas a verdade é que desidiste dois destinos quando disse que nossa amizade era mais forte que o amor que poderia sentir por mim, hoje eu sou apenas a metade...
Poderia apenas me levantar e sair por ai colocando a culpa em você como um bando de idiotas que se dizem "pegadores" faria, mas sabe que não sou assim e se fosse jamais teriamos tido uma história, mesmo que breve. Prefiro ficar no meu canto escrevendo poemas e ouvindo as musicas que você não acredita que um jovem pode ouvir, de fato as ouço por que elas falam de homens que amaram e sofreram, de amores perdidos e de uma vida inteira pela frente sem a mulher que amam, por que hoje sou apenas a metade...
Poderia me levantar e sair por ai dando em cima de outras mulheres tentado achar um novo amor, mas o que havia de errado com o outro, ainda preciso descobrir para poder continuar, de fato cheguei a uma encruzilhada e decidi escolher meu caminha, vou me ausentar de mim mesmo e quando voltar serei outro, isso se voltar, por que hoje sou apenas a metade...
Sou um cavaleiro e devo continuar o combate, por que? afinal a luta era para ser feliz, isso sei não ser mais possivel, dizem que "nos divertimos com as mulheres erradas até encontrar a certa", e quando já achamos a certa e perdemos, as outras ainda seram erradas? Isso não quero nem saber, porque a cada relação que vier a ter as compararei a você e elas nunca seram como você. por isso decidi me afastar de tudo e ficar sozinho, eu e nossos poemas, por que ainda os escreverei para ti, mas de longe como deveria ter sido ao que parece. Por fim ficarei sozinho e incompleto, minha metade você leva com você.
Hoje sou apenas a metade...

0 comentários:

Postar um comentário