Pages

14 de mai de 2010

Palavras e Devaneios sobre a existência...

A necessidade te faz humilde, a morte as vezes não é de fato o fim e a dor te torna um homem de verdade. Essas são premissas que só se aprende quando de fato se passa por ela, a experiência é uma ferramenta poderosa para os seres humanos e assim eu sigo vivendo e experimentado a dor que é a maior que já experimentei até hoje, a dor de ver as paredes ao meu redor se fechando, o medo de meu coração parar de bater e ninguem notar, sinto isso todos os dias.
Sendo um ser frágil em um universo de sentimentos que não podemos controlar é de fato o maior desafio desse nosso tempo, onde as pessoas se escondem por tras de rótulos, afinal ser rotulado é muito mais facil do que ser afirmar, com atitudes e personalidade própria, quando condenados não temos mais nada a perder então que se dane, sinto isso todos os dias.
É incrivel ter esse mundo de possibilidades e ser apenas uma bactéria indo de um lado para o outro como a maré, por que é assim que fazemos, somos arrebatados por algo que nos transmite alguma coisa que sentimos ser a coisa certa e vamos para cima com tudo, nos agarrando a chance de conseguirmos algo melhor que achamos ser justas a nossa condição e é ai que nos metemos em problemas serios, sinto isso todos os dias.
Ainda sim acordo todos os dias tentando ser fazê-lo melhor do que foi ontem, é só o que me resta nesse campo de batalha que é a vida. Ainda sou arrebatado por esses loucos sentimentos que estão perdidos nesse mundo, mas tento não pensar nisso por muito tempo, porque assim posso recostar minha cabeça no travesseiro e seguir a vida, sinto isso todos os dias de verdade.
Eu apenas sinto...
Esse poema comemora meu aniversário, espero que gostem...

0 comentários:

Postar um comentário