Pages

10 de fev de 2010

Armas e Armaduras, Certezas e Convicções...

Há um uma hora na vida em que nos enchemos de certezas, nos armamos de convicções e nos envolvemos em verdades, estamos fortes e blindados contra as durezas da vidas, somos em fim adultos e estamos com vontade de viver no nivel máximo. Ainda sim no fundo sentimos medo pelo desconhecido a nossa frente, mesmo que esse desconhecido seja o futuro tentamos controla-lo inutilmente é verdade.
Cai por terra nossas certezas quando o que há a nossa frente é incerto, injusto ou mesmo obscuro, mas afinal que graça teria o futuro se soubessemos o dia de nossa morte? Que vida viveriamos se soubessmos até onde chegariamos, para que caminhar uma estrada se já conheçemos seu final?
Sigo as incertezas da vida, matando dragões e demônios pelo caminho. Fugindo de mim e perseguindo um futuro negro, mas cheio de vida, afinal não encontrar nos faz permanecer procurando e vivendo ao longo do processo.
Parto a uma nova jornada, decidido a não ter expectativas, tateando no escuro e vivendo cada sensação por si e não por uma ideia vaga do que possa ser viver. Deixo parte de mim por onde quer que vá, mas consigo novas armaduras e armas, na luta por auto-conhecimento eu me venço todos os dias e me perco também.
Bom dia amor...

0 comentários:

Postar um comentário