Pages

19 de fev de 2010

De um coração apaixonado...

Eu estou parado a muito tempo dianta de uma grande montanha, sozinho e pensativo ssinto querer estar em outro lugar, minha alma vagou pela terra há muito tempo atrás e agora so consigo observar a vida a minha volta. Perco meus sentidos quando penso que um dia poderei tê-la em meus braços, sinto que ainda meu coração não acredita.
Eu sou o mais fraco dos seres humanos, sou bobo e por vezes piegas, mas sinto que encontro a paz quando estou com você e nada de verdade importa nessa hora. Sou apenas eu sendo feliz, isso é dificil de acontecer, mas estou aqui e meu pensamento diante dessa montanha é que se eu posso atravessá-la eu posso qualquer coisa que desejar, até estar com você pra sempre, eu sei.
A vida ensina que nada é eterno ou duradouro o suficiente para um coração apaixonado. Bom isso é verdade, mas cada minuto intenso que passamos pode ser alongado pelas minhas lembranças que nunca seram tomadas de mim, e daqui de baixo a montanha parece se dobrar ao meu amor por ti, sinto que posso voar se desejar de verdade.
Acabo por me sentar e esperar que algo possa de verdade acontecer, sei que desejo demais e que uma hora terei de acordar, mas se for em teus braços sei que poderei fazê-lo e estarei seguro e vivo como nunca estive antes, sou apenas um poeta, aquele poeta que um dia cruzou seu caminho e derepente você se tornou todo o caminho dele. Sinto sua falta hoje mas não amanha.
Bom dia amor...

0 comentários:

Postar um comentário