Pages

18 de fev de 2010

Vivo...

Queria poder tocar o cêu, sentir os raios do sol sobre minha pele gelada, o vento em meus cabelos e as batidas do meu coração, outrora morto agora vivo ainda não sei me comportar. Vivo sim, mas ainda aprendendo a caminhar como uma criança que descobre o mundo com as próprias mãos me sinto vivo de verdade, mas sei que tenho de me comportar.
Vejo ao meu redor cores que nunca haviam estado ai tudo é tão intenso que meus olhos doem pelo brilho que o mundo emite, ainda sim me sinto o cara mais sortudo do mundo. Sou menino sou poeta e estou vivo como a muito tempo não estava, mas tenho de me comportar.
Sigo por caminhos novos com apenas um pensamento, quero vê-la por entre a luz que agora habita meu mundo, não sei o que devo esperar, mas em fim estive morto muito tempo e não quero mais esperar, mais eu sei que devo me comportar...
Você esta por ai? Andando pelo mundo talvez tão perdida quanto eu, mas está na hora de viver algo novo, sincero e intenso como só um poeta pode oferecer. Sou menino mais sou poeta e estou vivo de novo meu lugar não é mais no mundo dos sonhos tenho vida, estou vivo e sinto o mundo passar por mim agora e faço parte dele mesmo tendo medo de te assustar te digo que sinto, mas tenho de me comportar.
Bom dia amor...

0 comentários:

Postar um comentário