Pages

11 de abr de 2010

Senhora, quem es?


Era um dia comum, ela bateu a minha porta, uma senhora muito educada diga-se de passagem, parecia muito companheira e de fato é ao entrar em nossas vidas. No inicio, me ajudava a refletir sobre minha vida e minhas decisôes, era perfeito para pensar e de verdade sempre me ajuda a escrever, assim ela invadiu meu mundo de forma não agressiva e de fato hospitaleira, e ela sempre está lá...
Com o tempo de fato as coisas começaram a mudar eu meio que me sentia atraido por ela, na verdade por mais que decidisse não pensar nela, a carregava dentro de mim, e como fugir de si mesmo, acho que isso eu ainda não aprendi. Bom, como cavaleiro já derrotei muito magos e bruxas, dragões e bestas, mas a verdade é que nenhum deles me preparou para o que estou a enfrentar, e ela sempre esta lá...
Por vezes decidido a me afastar dela, entreguei meu coração a quem prometeu segurar minha mão, de fato isso acontece as vezes, mas ainda sim ela não me deixa em paz. Só queria um tempo comigo mesmo no inicio, não uma eternidade preso dentro da minha cabeça, de repente meu universo que tanto me orgulhava se tornou minha prisão de onde ela de alguma forma me controla, mas uma parte dela sempre esta comigo, e ela sempre está lá...
Senhora dos olhos doces e profundos, dona de uma voz que te prente e um toque que não se pode apenas ignorar. Senhoras quem es? Que me fazes apenas entristecer, diminuir e até ser outro que não eu mesmo, trancado com você em meu universo. Outrora pensei ser a morte, estava enganado, minha redenção ainda não está pronta, ainda sim ela me acompanha, não pode ser? Es tu Solidão? Es tu que me acompanha? O misterio esta findado finalmente, solidão a companheira dos poetas e bêbados, es tu que me aprisiona em mim e me faz ficar sempre sozinho mesmo em meio a 6 bilhões de pessoas eu me sinto sozinho, e ela sempre esta lá..
Ela sempre estará lá...

0 comentários:

Postar um comentário