Pages

11 de set de 2010

Dia 9°.

Este que me rodeia é todo o universo de que desponho, sou apenas umas um sobrevivente de um periodo de solidão, quiserá ser mais forte em alguns momentos, mais corajoso em outros, mas no fim sou sim um sobrevivente de um grande e profundo abismo chamado solidão. Eis que ela surgirá diante dos meus olhos como o sol do primeiro amanhacer desenhado por Deus e nada mais importará toda a escuridão terá ficado para trás.
Com todo o amor que guardo em meu coração sei que posso apenas escrever por horas ate ela chegar, mas prefiro breves palavras de um sincero poeta, descrevi por vezes horas tristes e sombrias, outrorá sempre que há ouvia sabia que ela estava bem e tudo fica ilminado, o som de sua voz ou sorriso bobo por quem me apaixonei, sei que nada mais poderia querer.
Deixo muitas certezas nesta jornada mas apenas uma ficará comigo, Eu te amo... E bom te ter de volta mue amor.
Este é o ultimo dia sem ti...

1 comentários:

Eloyna Lee disse...

ainda bem q ela chegou, e as poesias agora, vão voltar a ser de alegria!

Postar um comentário